Leyda Sauvignon Blanc 2007 Garuma ao por do sol

O Chile tem realmente vinhos fantásticos e se você pensa que estou falando de um Carmenére ou Cab. Sauvignon, está enganado meu amigo. O vinho do final de tarde é o Leyda Sauvignon Blanc 2007. Um vinho elegante e complexo com aromas cítricos e de pimenta verde. Na boca ele tem boa concentração de fruta, um tanto mineral, rico e com acidez bem balanceada. Um vinho que nos dá muito prazer a um preço abaixo de 85 Reais. Não por menos garantiu 90 pontos WS.

Leyda Garuma Sauvignon Blanc 2007,
Leyda Sauvignon Blanc 2007 Garuma

 

3 Comentários
  1. Claudio Werneck Diz

    Paulão,

    Os vinhos da Maycas del Limari estão na minha lista de vinhos que merecem ser conhecidos. Já estou de olho no Syrah deles que ouvi falar muito bem e no Sauvignon Blanc também.

    Como está o por do sol com este Leyda? Muito calor por aí?

    Abs.,

    1. Paulo Diz

      Realmente hoje fez um dia fantástico em São Paulo, muito sol e calor, mas o vento ajudou a refrescar.
      Abraços Claudio

  2. Peter Wolffenbü Diz

    Nem só de Cabernet Sauvignon, Merlot ou Syrah, vive o Chile. Nos últimos tempos tem sido notável a reestruturação que este país fez nos vinhos brancos. Algumas vinícolas trouxeram inclusive enólogos da Nova Zelândia a fim de redirecionar as videiras para que estas pudessem produzir mais e melhores vinhos brancos. E não é por nada que uma das maiores ou quem sabe a maior área plantada de Sauvignon Blanc do mundo está no Chile. Dos brancos recomendo sempre as áreas próximas a Casablanca, da qual Leyda faz parte e a mais ao sul Bio Bio, a chamada patagônia chilena. Quando mais fria for a região melhor serão os brancos e seu irmão o Pinot Noir.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More