Ventisquero Queulat Sauvignon Blanc 2008

Domingo quente e seco em São Paulo, o apetite parece diminuir. Resolvi comprar comida Portugusesa no Bacalhau do Porto. Dessa vez foi um bacalhau em lascas com batatas, bacalhau a Gomes de Sá. Sempre que compro um almoço de domingo neste restaurante, levo também um tradicional vinho português, mas hoje optei por um chileno. Gosto muito da uva Sauvignon Blanc, pois ela é leve, fresca e cítrica, mas confesso que prefiro os Sauvignons Blancs da Nova Zelândia.

O vinho escolhido foi um Ventisquero Sauvignon Blanc, de baixo custo, apenas 60 Reais. Já escrevi sobre a Viña Ventisquero quando ganhei um Carmenére das minhas filhas. A jovem vinícola fica próximo a costa Chilena no Vale do Maipo. Este Sauvignon Blanc tem uma cor palha bem clara, como você pode ver na foto abaixo. O vinho apresenta aroma de frutas tropicais e trigo. Seu sabor lembra maracujá e flores do campo. Você deve se perguntar: Mas esse sujeito já comeu flores do campo? Explico, é que quando o líquido está boca, você sente o sabor de maracujá e o perfume das flores. O final é curto, porém na medida certa, seco e perfumado. Ele ficou muito bem com queijo gouda de aperitivo, também combinou bem com os bolinhos de bacalhau e com o Gomes de Sá que estava excelente.

Ventisquero Queulat Sauvignon Blanc 2008

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More