Castilla Y Leon

Segundo a Larousse do Vinho Castelo-Leão é o núcleo histórico da Espanha. Das suas cinco sub-regiões, três delas possuem vinhos que estão em alta no mercado Global. A Região, como mostram os mapas é bastante ampla.

Ribeira Del Deuro: É a região mais importante do Vale Duero. Uma região com cerca de 700 metros de altura, com solo arenoso, que produz vinhos fanteasticos, Os melhores produtores da região são:

Alejandro Fernandez / Bodegas e Viñedos Alión S.A. / Bodegas Emílio Moro / Bodegas Iasmael Arroyo /

Mauro S.A. / Dominio de Pingus SL / Bodegas Ribeira Duero / Bodegas Vega Sicilia / Bodegas Señorio de Nava /

Abadia Retuerta S.A.

Veja aqui um vinho desta região

Ribeira del Duero
Ribeira del Duero

Rueda: Sofreu enormemente com a Filoxera no século XIX e agora ressurgiu nos anos de 1970. A uva Verdeja que produz vinhos brancos é dominate na Região,

Rueda
Rueda

Cigales: Localizada ao Norte e Oeste de Ribeira Del Duero, esta região está se tornando promissora em vinhos tintos As cepas são a Tempranillo e Garnacha ou Grenache.

Localização de Cigales, fonte: Wikipedia
Localização de Cigales, fonte: Wikipedia

Toro: O vinho toro existe em Salamanca desde 1215 e é feito com Tempranillo, que alí ganha o nome Tinta del Toro.

Bierzo: Fica a Noroeste da Espanha e protegida por um Vale produz vinhos excelentes com a uva tinta Méncia, que só existe nessa região.

Bierzo
Bierzo em destaque amarelo

Fonte: Larousse do Vinho.

Este post faz arte da série: Uma viagem virtual pela Espanha

2 Comentários
  1. manuk Diz

    Paulo,

    Parabéns pela viagem à Espanha. Adoro a Espanha e os vinhos espanhóis então, nem se fala.

    abs

  2. Paulo Diz

    Vamos passeando, agora espero viajar para o Chile.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More