Conheça um pouco da vinicultura da Sardenha.

Assim como ocorre na Sicília os vinhos da Sardenha ainda não conseguiram grande projecção nacional e internacional, apesar de uma fascinante seleção de uvas. O que impede um melhor desenvolvimento comercial e de qualidade dos vinhos da Sardenha é a estrutura de sua indústria, dominada por cooperativas. Grande parte do vinho da Sardenha é consumido na própria ilha ou vendido para a Europa para ser misturado a vinhos mais conhecidos. Apesar de produzir mais de 800 mil hectolitros por ano, cada DOC na Sardenha não produz mais que 200 hectolitros ano.

A estrela tinta da ilha é a Cannonau ou Grenache e a branca é a Vermentino. Aqui no Nosso Vinho você encontra dois fantásticos vinhos da ilha:

Terre Brune 1999

Turriga IGT 1999. Emoção vinda da Sardenha.

Durante séculos a Sardenha foi submetida a várias influências culturais, seja dos Bizantinos, Árabes e Catalões. A influência da vinicultura Espanhola na ilha é clara até hoje, manifestada nas uvas Cannonau (Grenache) e Caragnan ou Carignano.

Vista dalla Torre del Giunco, by nemonemo

Exibir mapa ampliado
Fonte: André Dominé: Os Vinhos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.