Conheça o vencedor do Concurso Cultural de Literatura: Vitor Batista.

0 No tags Permalink 0

No final de setembro até o dia primeiro de outubro o NOSSO VINHO desenvolveu um Concurso Cultural Literário. O objetivo era receber textos com o tema vinho e premiar o texto com o melhor nível de “engajamento” através de comentários. Para a minha surpresa recebi uma das inscrições era de Portugal, do Sr. Vitor Batista da cidade de Barreiro. Seu maravilhoso texto, no tradicional português é encantador e recebeu forte apoio vindo de Portugal através de muitos comentários.

Leia o Texto do Vitor: Bom Amigo, Vinho!

Agora você vai conhecer melhor o Vitor Batista através de uma breve entrevista:

NOSSO VINHO: Vitor, fale um pouco de você para que as pessoas possam saber quem é:

VITOR: Sou português, natural da cidade do Barreiro onde nasci fez 61 anos, sou Engenheiro Químico, mas já estou retirado por motivos de saúde. Dedico-me essencialmente a escrever, adoro escrever, e a coleccionar. Sou um inveterado coleccionador e no momento estou a coleccionar gatos em miniatura feitos dos mais diferentes materiais.

NOSSO VINHO: Seu texto fez sucesso aqui no NOSSO VINHO, qual é a sua experiência literária?

VITOR: Escrevo bastante e desde muito novo. Era um escritor de gaveta, até porque antigamente não havia tantos Concursos quanto agora, nem a divulgação que hoje é possível fazer. Com o advento do computador em minha casa tudo se tornou mais fácil e comecei a concorrer a sério e mais amiúde a partir do final de 2007. Nunca mais parei. Só escrevo contos e trovas. Tenho ganho vários prémios.

NOSSO VINHO: Aproveitando seu conhecimento sobre vinhos, poderia comentar em sua opinião quais são hoje os 3 melhores vinhos de Portugal?

VITOR: Eu já tive bons conhecimentos sobre vinhos. Aliás, a segunda parte do texto a do convívio com os amigos é verdadeira, foi a realidade. Hoje em dia estou afastado dessas lides, pelo que me é impossível dizer quais são so 3 melhores vinhos de Portugal, até porque neste momento há inúmeros e excelentes vinhos. Contudo e reportando-me a 6 ou 7 anos atrás  poderei falar-lhe dum Piriquita tinto, dum Esporão tinto, dum Vale de Barqueiros tinto, dum Sogrape tinto, por  exemplo.E muitos outros de excelente qualidade.


0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *