Encontro de vinhos na Africa

0 No tags Permalink 0

 

Na noite do dia 16 estive em uma degustação promovida pela agência de propaganda Africa. A idéia era reunir amigos, clientes em torno do vinho. Eles convidaram uma verdadeira seleção de craques do mundo do vinho para apresentar rótulos fantásticos de diferentes estilos. Estavam lá o José Luiz Borges, Manoel Beato, Marcelo Copello, Mario Telles e Ricardo Bohn Gonçalves. A decoração do evento estava impecável, com as paredes revestidas com madeira de caixas de vinho, o chão forrado de folhas verdes que também decoravam a enorme mesa de mais de 30 metros onde foi feita a degustação para cerca de 100 pessoas.

Os mestres deram aulas sobre os produtos apresentados. Eu cometi uma gafe. Pois levei para a festa 3 magnuns de diferentes vinhos que não puderam ser abertas na degustação, afinal tínhamos muitos convidados. Tudo bem, no finalzinho da festa abrimos as magnuns para arrematar a alegria.

O Evento foi muito bem sucedido e prova mais uma vez que o vinho reúne pessoas de diferentes estilos. Vejam que sorte deram os presentes:

timthumb2

Steenberg Sémillon 2006: Este branco Sul Africano estava muito perfumado e leve. Abriu bem a noite e estava tão gostoso que repeti a dose .

timthumb5

Abandonado 2007: Este produto da Quinta da Gaivosa é um exemplar e tanto da fantástica safra de 2007 do Douro. Madeirado, elegante e com taninos poderosos.

timthumb6

Burmester 40 anos: Fiquei na conversa e não provei este tradicional Porto. Mas confesso que vinhos doces não são os meus preferidos.

timthumb4

La Rioja Alra Gran Reserva 1997: Um tempranillo elegante, poderoso, aveludado, carregado de fruta madura, aroma doce e final de baunilha. Excelente para acompanhar carnes.

timthumb3

Barolo La Serra 2001: Este Barolo do estilista Roberto Voerzio é uma joia do Piemonte na Itália. Estava fantástico e absolutamente pronto para beber. Vinho muito sexy com aroma de couro e especiarias, encorpado, taninos macios e final longo.

 

Perdi alguns vinhos e a abertura com Champagne. Afinal precisava rever muitos amigos queridos que estavam por lá. A Africa está de parabéns.

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *