Frio Polar e Feriado, que vinho eu escolho?

0 No tags Permalink 0

Amigos, o inverno se avizinha e o frio é intenso em boa parte do sul-sudeste do Brasil. Enquanto escrevo este post temos 13 Graus aqui em casa, em São Paulo.

E agora temos um feriadão, quando muitos vão fazer a chamada “ponte” e poder aproveitar as delícias do Inverno. Alguns vão para as serras, onde o frio deve ser absurdo, perto de 5 graus à noite. Perfeito para um bom vinho a dois. Mas o que escolher?

Bem, na minha opinião nesta hora você deve procurar aqueles vinhos encorpados, generosos em fruta, com taninos poderosos, ou seja, bem secos.Opte por aqueles vinhos com bastante concentração de carvalho, que acumulam aromas e sabores de baunlha, café, chocolate.

Vamos selecionar aqui as melhores recomendações do NOSSO VINHO:

Espanhois com Tempranillo

São vinhos poderosos, com grande estágio em madeira, os Grand Reserva ficam em barricas de carvalho por muitos meses. Opte por vinhos com mais de 6 anos. Alias 2004 foi um grande ano, mas podem ser ainda mais velhos.

Marques de Vargas Reserva 2004

Duas expressões diferentes da Tempranilo

Conde de Valdemar Reserva 1998

Clos Mogador 2001 – atenção, não é Tempranillo, Usa a combinação de Garnacha (40%), Cabernet Sauvignon (40%) e Syrah (20%)

Bodegas y Viñedos Alion 2004

Inspiración Valdemar Edición Limitada 2003

.

Argentinos poderosos com Malbec

Podem ser novos, pois esses vinhos normalmente não são feitos para envelhecer muito. Os preços podem ser mais baixos que os Espanhois, mas cuidado, porque alguns estão fora do preço.

Achával Ferrer Malbec 2008 está muito bom, saiba porque.

Tikal Patriota 2006

Os 5 mais pontuados Malbecs da Argentina

Catena Zapata Estiba Reservada 2003

Alamos Malbec 2007

.

Chilenos Cheios de Bossa com Carmenére.

O Chile ganha qualidade a cada ano, hoje já é uma potencia no Vinho.

De Martino Alto de Piedras Carmenére 2007

Orzada Odfjell Carmenére 2005

Clos Apalta 2004

Montes Purple Angel 2005

Carmin de Peumo

.

Italianos Blockbusters

Os bebedores de vinhos sofisticados de Bordeaux tem preconceito com os vinhos italianos, mas a Toscana tem exemplares que nada devem aos grandes vinhos do Gironde.

Ornellaia Le Volte 2007

Castello del Terriccio 2005

Rocca di Fraccinello 2006

Flaccianello della Pieve 2006

Brancaia Ilatria IGT 2006

Tua Rita Giusto di Notri 2004

Camartina IGT 2004

Bibi Graetz Testamatta 2006

Le Serre Nuove – Ornellaia

Il Bruciato

Poderia continuar com alguns Syrah Australiano, Bordeaux, Zinfandel da Califórnia, Amarone Italiano, mas vou parar por aqui.

 

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *