Quero saber sua opinião

POST ATUALIZADO:  Há dois dias fiz a pergunta abaixo e a participação foi intensa. Obrigado por participar.

Estou aqui tomando algumas decisões sobre um jantar e pensei em consultar você. Tenho um jantar com bons amigos e o propósito do encontro é diversão e boa conversa em torno do vinho. Entre os amigos, todos são conhecedores e apaixonados pelo vinho. Provavelmente todos já bebeream ou podem beber, a qualquer tempo, o vinho que quiserem, sem restrição financeira. Na verdade a questão financeira não está na pauta, pois não importa o valor.

Venceu a opção de um vinho com significado, com mais de 2/3 dos votos. Pois bem, tomamos juntos o CA MARCANDA MAGARI, mas outros amigos levaram vinhos fantásticos. Muito breve farei um post sobre eles.

0

5 Comments
  • Gabriel
    junho 18, 2009

    Beber vinho é um conjunto de coisas e um rótulo não precisa ser o mais caro e mais raro para fazer você relembrar e viver as coisas que te fazem bem.

    Eu sempre prefiro levar os vinhos com significado particular aos lugares que sou convidado. Acredito que seja mais simpático, porque ao explicar o significado daquele vinho ao anfitrião e/ou amigo, ele vai curtir o vinho de uma forma melhor e vai se sentir inserido na sua história.

    O meu com você é o Angelica Zapata, qualquer safra, apesar das quedas pelos Brunellos e pelo Don Melchior, safra ano ímpar.

    bjs

    em tempo: para quem não sabe, não somos gays, o Paulo é meu irmão 🙂

  • Denise
    junho 18, 2009

    Ola Paulo!!!

    Sem duvida nenhuma escolheria um vinho que pudesse me trazer um significado particular.
    Poder compartilhar experiencias agradaveis com pessoas amigas é uma dadiva que poucos
    podem experimentar.Concordo com o Gabriel as pessoas vao se sentir honradas em fazer parte de mais essa sua historia.

    um abraço e sucesso na reuniao.

    Denise Savaris.

  • Neri Cavalheiro
    junho 18, 2009

    Escolheria um vinho com profundo significado para mim, pois acredito que seria uma boa oportunidade para homenagear os Confrades… Digamos, em princípio, um Brunello di Montalcino 1990 (Tenuta Greppo). Uma das particularidades desse jantar seria a de poder contar com um tempo suficiente de duração para se poderem comentar, demoradamente, cada um dos vinhos e dos pratos. Eu preferiria saber o cardápio, com antecedência, para poder tentar harmonizar o vinho com a comida e, desse modo, valorizar ainda mais os dois elementos e o encontro, como um todo.

    Bom jantar para todos!

    Neri Cavalheiro

  • paulo dandrea
    junho 19, 2009

    Xará,
    Como todos conhecem vinhos, bebem bons vinhos e não têm restrições financeiras, apoio o caminho de algo com significado especial. Escolheria bons vinhos, com personalidades incomuns. De boa qualidade é claro. Mas algo que surpreenda pelo cuidado de ter se prepado, pela atenção com os amigos, pela expansão da cultura do grupo e claro, algo que fará o jantar ter muito assunto, novo, diferente, enriquecedor e curioso. Quem sabe um pouquinho de polêmica. Quem sabe o vinho do Papa, do Obama, do Fidel. Desejo que tenham um excelente jantar! Depois conta pra gente com um post, bem bacana! Abraços

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *