Vinho: Qual é o seu estilo de consumo?

0 No tags Permalink 0

O mundo do vinho é riquíssimo, com uma variedade enorme de estilos, procedência, aromas, sabores e claro preços. Portanto não é de se surpreender que exista uma variedade enorme de estilos de consumo. Qual é o seu estilo de consumo?

Estabeleci alguns estereótipos de comportamento para que você se identifique, ou não com eles. Eu mesmo, ao longo do tempo já assumi alguns desses comportamentos.

Desavisado.

É aquele consumidor ocasional de vinho, que não tem e não quer ter maior envolvimento com o assunto. Quando declara seu consumo costuma dizer que prefere vinho tinto ou vinho Chileno com gosto de madeira.

Fiel

São aqueles que se apegam a um estilo de vinho, de uma determinada região ou uva. Defendem fervorosamente este estilo, região ou mesmo produtor. Algumas vezes tornam-se experts no assunto.

Financista

São pessoas que estão abertas a conhecer diferentes tipos de vinho, procedências, uvas, produtores, mas tem uma regra financista. São aqueles que classificam o vinho pelo preço: “Eu bebo vinhos até no máximo X Reais”.

Tradicionalista

São pessoas que foram educadas ao lado do vinho, normalmente vêem de família Européia e tem grande apego as tradições familiares. Descendentes de Italianos, portugueses e alemães commumente tem grande fixação pelo vinho de seus antepassados.

Explorador

São pessoas curiosas que querem conhecer mais e mais sobre o assunto e não tem medo de escolher errado. Querem a cada ocasião experimentar um tipo de vinho diferente.

Exibicionista

São aqueles que consomem apenas os vinhos de grande renome. São a alegria dos Sommeliers e dos vendedores de vinho. Verdadeiramente querem beber o melhor vinho e adoram ser reconhecidos por isso. Investem pequenas fortunas no assunto.

Colecionador

Não é propriamente apenas um consumidor de vinho. Na verdade sua grande satisfação é guardar o vinho. Olhar as garrafas alinhadas, completar seu album de figurinhas. São capazes de procurar por anos uma garrafa, apenas para fechar uma determinada sequência de safras. Existe ainda aqueles que tem verdadeira paixão em guardar vinhos por 20 anos e então abrir a garrafa em uma ocasião especial.

Garimpeiro

São pessoas meticulosas que passam a vida a procura de vinhos fantásticos. Não escolhem por preço ou status, mas por qualidades específicas do vinho. Normalmente desprezam a moda, a tendência, estão preocupados apenas em encontrar coisas “originais” e “típicas”.

Estudioso

Muitos de nós, Blogueiros de Vinho, somos estudiosos. Gente que não bebe apenas o vinho, mas estuda o assunto. Pesquisa o produtor, a região, o tipo de uva, a história do rótulo. Faz anotações, tira fotos, gosta mais do aprendizado do que do vinho em si.

Parkistas

São os discípulos de Paker, não interessa o que bebem, mas sim quantos pontos tal vinho recebeu do famoso crítico da vinicultura. Nesse grupo destacam-se os consumidores dos famosos vinhos de 90 ou + pontos. Se tem isso, tem tudo.

Anti-Parkistas

São consumidores revoltados com Parker, desenvolveram verdadeiro ódio pelas pontuações deste ou qualquer crítico. Tem opiniões próprias e se revoltam quando percebem que a sua opinião é a mesma da dos críticos.

Chatos

Muita gente chama esse tipo de consumidor de ENO-CHATO. São pessoas que foram catequizadas pelos Sommeliers e acham o maior barato cheirar rolha, discutir o aroma do vinho por duas horas, exibir seus vastos conhecimentos sobre o assunto. Via de regra frequentam degustações e ficam virando a taça em frente a um power-point. Muitos tornam-se sommeliers, não para trabalhar na área, mas para saber mais que o criador.

Tudo de bom.

São pessoas que sempre se alegram ao redor de taças e amigos. Que tipo de vinho? Não interessa. O que realmente importa são os  amigos. Não se engane, eles adoram beber vinho e muitos entendem do assunto, mas a bebida é só pano de fundo para boas conversas e gargalhadas.

Gourmet

São pessoas que entendem de culinária e de vinho. Em primeiro plano está o prato, os ingredientes. a forma de preparo do alimento. O vinho é coadjuvante, completa a cena com estilo, ressaltando o sabor do prato.

Compradores compulsivos de preço.

Um sujeito que adora vinho, mas detesta seus preços altos e é capaz de carregar pesos gigantescos em suas viagens para ter certeza de que está comprando os vinhos pelos melhores preços. Se encontra uma pechincha, mesmo que esteja com o limite de peso estourado, compra logo uma caixa e paga pelo excesso de bagagem no avião. Nunca deixa escapar uma boa compra.

Bem, poderia ficar escrevendo por horas, tipos e mais tipos. Você se identificou com algum estereótipo? Tem o seu próprio estilo de consumo? Participe.

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *