A história da Toscana.

Habitada pelos etruscos, ligou-se a Roma em finais do século IV a.C.
Toscana provém de “Tusci”, ou tusco, nome que aplica também aos etruscos.

Os francos ocuparam a região em 774, sob a posse dos Condes de Lucca (mais tarde marqueses da Toscana), influentes na vida política da península itálica, até interferiam nas eleições papais. Terminaram a sua dinastia com a Condessa Matilde, que legou o território em testamento aos Estados Pontifícios. O Império Germânico, negou a validade do testamento.

Pouco a pouco a Toscana passa para os Médici de Florença, que chegam ao poder em 1421, afastados duas vezes (1495 a 1512 e de 1527 a 1530). O Ducado de Florença foi criado por Carlos V em 1531. Nasce o Grão Ducado da Toscana, e em 1569 os membros da família Médici recebem o título de grão duques da Toscana por decisão do papa Pio V. O último da família Médici no poder foi Gian Gastone (1723-1737), com sua morte sem herdeiros. O Grão Ducado passa para a família de Lorena, dada a Francisco Estevão de Lorena (Francisco II da Toscana) casado com Maria Teresa da Áustria. Em 1745 a casa dos Habsburgo-Lorena passa a ser a casa de Áustria, eleitos para tomarem posse do Sacro Império Romano Germânico em 1747.

Os franceses ocuparam a região em 1799, o povo expulsou os estrangeiros. Em 1801, Napoleão integrou-a ao Reino da Etrúria, sendo concedida a Luis de Bourbon, descendente do último duque de Parma.

Em 1807 a Toscana é integrada ao Império Francês. Em 1809 Napoleão nomeou como grã duquesa sua irmã Elisa Baciocchi, afastada em setembro de 1814, com o regresso de Fernando III, que restaurou o Grão Ducado, de novo às mãos dos Habsburgo. Em 1847 o Ducado de Lucca foi anexado ao Grão Ducado da Toscana. Em 1859 o povo toscano rebelou-se e obrigou Fernando IV, pedir asilo em Viena. Em 1860 o Grão Ducado foi assimilado pelo Reino da Itália, após um plebiscito.

Etruscos

Aglomerado de povos que viveram na atual Itália, na região ao sul do rio Arno e ao norte do Tibre, denominada Etrúria, mais ou menos equivalente a atual Toscana, com partes da Úmbria e do Lácio. Desconhece quando se instalaram nessa região, mas provavelmente entre os anos 1200-700 a.C.

Heródoto acreditava que os Etruscos eram originários da Ásia Menor, mas outros historiadores posteriores consideram-nos italianos.

Língua – um alfabeto semelhante ao grego, mas ainda não foi decifrado
Religião – diferente tanto da grega como da romana
Composta por uma dúzia de cidades:

Volterra,
Fiesole,
Arezzo,
Cortona,
Perugia,
Todi,
Chiusi,
Orvieto,
Veio,
Tarquínia

Os últimos três reis de Roma, antes da criação da república em 509 a.C , eram etruscos.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.