Espanha x África do Sul

POST ATUALIZADO: A Espanha bateu a África do Sul por dois a zero. Ambos estão classificados para as semi-finais. Já no campo do vinho, houve um empate entre os dois vinhos apresentados.

Espanha

Técnico: Sergio Valente

Vinho escalado: Conde de San Cristobal 2004 (Marqués de Vargas)

Este vinho foi avaliado com 91 pontos por Robert Parker na safra 2004. Segundo Parker com camadas de fruta, textura sedosa e excelente sabor. Elaborado pela bodega Marqués de Vargas que é um extraordinário produtor da Rioja que consegue elaborar vinhos que combinam elegância e profundidade, em um estilo ao mesmo tempo intenso e tradicional. Ficha da Mistral, onde custa R$ 177,10 nesta data. Feito com 80% Tempranilo, 10% Cabernet Sauvignon e 10% Merlot

Conde de San Cristobal 2004 (Marqués de Vargas)
Conde de San Cristobal 2004 (Marqués de Vargas)

África do Sul

Técnico: Alcir

Vinho escalado: Anwilka 2006

Segundo Robert Parker um vinho fabuloso, o melhor vinho tinto que já havia provado da África do Sul. A vinícola Anwilka é o resultado da união entre Bruno Prats, proprietário do Chateau Cos D´Estournel, Hubert Bouard de Laforest, Co-proprietário do Chateau Angélus e Lowell Jooste do Klein Contantia Estate. A região de Heldenberg em Stellenbosch é conhecida pela boa qualidade de suas frutas e pela influencia marítima da proximidade de False Bay, onde as brisas do sul refresca as uvas no clima quente do verão, dando para o vinho um paladar único, vermelho rubi brilhante, aromas de frutas vermelhas maduras, equilíbrio perfeito, complexo e harmonioso . Feito com 66%Caberne-Sauvignon 29%Shiraz e 5% Merlot .

37444

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.