O gosto feminino

Tenho certeza que vou apanhar de muita mulher ao escrever este post, mas a idéia é apontar 3 tipos de vinhos que normalmente fazem sucesso com o belo sexo. Claro que isso não é regra e nem determinação, apenas o que eu tenho observado e é claro que listei apenas 3, poderiam ser muitos mais.

Chablis
Cultivadas a noroeste da Borgonha, as vinhas de Chablis proporcionam vinhos de textura leve, com uma acidez cortante e um uso leve de carvalho, ou totalmente ausente. São vinhos com aromas florais e sabores de frutas como maça e pêra. Em função do terreno, Chablis oferece vinhos muito minerais. Qualquer um dos sete grand crus de Chablis exigem pelo menos 5 anos de envelhecimento antes do consumo.
Um bom exemplo: Chablis Louis Jadot 2006
Segundo a Mistral: Maduro, com grande complexidade aromática e ótima mineralidade. Sua excelente acidez o torna perfeito para acompanhar vários pratos, incluindo frutos do mar e aves.

Chablis
Chablis

Pinot Noir
Muitons dizem que a Pinoit Noir que vale a pena só pode ser da Borgonha. Isso não é inteiramente verdade, já tomei Pinot Noir do Chile, como o Amayna e da Nova Zelândia como o Hunters, são bons.
Essa uva e tipo de vinho, sobretudo os da Borgonha, fazem sucesso junto às mulheres porque são sedosos, frutados e muito leves. Um bom exemplar para um dia especial é o Aloxe Corton Domaine Corton Andra 2005: Aroma de ceraja e especiarias, tostado e um tanto potente para um Pinot Noir.

Pinot Noir
Pinot Noir

Prosecco
Feito perto da cidade de Pieve, na sua forma mais famosa é um espumante super seco e muito refrescante. Nos bares de Veneza ele é misturado a suco de pêssgo para preparar o famoso Bellini.
Um bom exemplar é o Prosecco Valdizze Brut, cor amarela palha bem clarinha, com o perlage, as famosas bolinhas, muito finas.

Prosecco
Prosecco
Reblog this post [with Zemanta]

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.