Vignamaggio, a casa da Monalisa.

Em uma recente viagem à Toscana, no último mês de julho, que estamos relatando aos poucos aqui no NOSSO VINHO, passamos duas noites nesta bela fazenda com ambiente rural, mas com excelente conforto,  Viemos dirigindo desde os arredores de Florença , passando por Greve in Chianti, são cerca de 30 minutos de viagem em boas estradas.

A primeira vista a cidade de Greve não chamou a atenção, mas dois dias depois descobrimos uma praça medieval lindíssima na cidade. Menos de 5 minutos de Greve, a fazenda ou hotel rural de Vignamaggio mostra inúmeros encantos que devem ser descobertos com calma. O serviço no café da manhã é muito bom e o restaurante para jantar e almoço tem alguns pratos interessantes.

A principal história ou lenda sobre Vignamaggio é que lá teria sido o lar da Monalisa, a enigmática senhora retratada por Leonardo da Vinci. O quadro de Monalisa se tornou, mais tarde, a obra de arte mais valiosa do mundo e hoje está no Louvre em Paris. Monalisa ou La Gioconda, teria sido o amor secreto de Leonardo da Vinci e era uma senhora casada com Francesco del Giocondo, um comerciante de Florença.

Lá em Vigamaggio, investi algumas horas estudando a história do famoso quadro e descobri que existem muitas especulações sobre esta obra de arte, inclusive que Monalisa poderia ser a versão feminina do próprio Leonardo da Vinci. O fato é que La Gioconda parece ser uma obra inacabada com mistérios de perspectiva e com o olhar dúbio da mulher retratada.

Se você resolver ficar em Vigamaggio, o que eu recomendo, poderá ter tardes deliciosas em seus jardins e noites agradáveis no verão italiano. Porém cuidado com os mosquitos e pernilongos que subitamente atacam. A beleza do lugar e das construções é magnífica e rende boas caminhadas. Veja as fotos abaixo.

Os vinhos de Vigamaggio

Vignammagio produz 9 diferentes rótulos sendo que neste artigo vou destacar dois que provamos e aprovamos:

Chianti Classico Riserva DOCG Gherardino

Uma vinho feito com as uvas Sangiovese e Merlot em pequena parcela, a parcela de vinho com Sangiovese, depois da vinificação, descansa por 18 meses em barris de carvalho e a parcela com Merlot por 12 meses. (Não me pergunte onde eles guardam a Merlot entre o 12 e o 18 mês). Resulta em um vinho de cor vermelho sangue, com aroma de frutas vermelhas bem maduras, encorpado, com toque apimentado e final tostado.

 

Chianti Classico Gran Selezione DOCG Monna Lisa

Este vinho não é produzido todos os anos, apenas quando eles tem realmente uma excelente safra. um blend de Sangiovese, Cabernet Sauvignon e Merlot. Uma bebida mais estruturada, taninos macios, sabor de framboesa, final mais profundo com toque de eucalipto e tabaco. O Monalisa é um vinho de custo um tanto elevado e sua relação qualidade preço não é boa, na minha opinião.

 

 

 

Clique na foto para ampliar.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.