Las Perdices 2006

Sou membro da Sociedade da Mesa que mensalmente envia 4 garrafas de vinho de baixo custo. É sempre uma supresa. São vinhos na sua grande maioria muito simples para o dia a dia. Um dia lendo o folheto deles, muito bem produzido por sinal, encontrei uma expressão que adotei: “Vinho de cunhado”, usada para caracterizar aquele vinho meia boca que você tem em casa e nunca bebe.

Em fevereiro passado, a Sociedade da Mesa enviou 4 garrafas deste Las Perdices 2006. Pensei, “mais um Cabernet Sauvignon sem graça.” A boa surpresa é que o vinho agradou muito. Apesar de permanecer apenas 6 meses em barricas de carvalho ele possui este aroma e sabor bem integrados, com taninos mansos e redondos. O vinho chega a ser um pouco doce, agradável mesmo. O João Calderon da Sociedade da Mesa escreve que o vinho pode melhorar em 3 anos, guardei duas garrafas.

Las Perdices fica no Alto Agrelo, Luján de Cuyo em Mendoza, Argentina. Vamos ficar de olho nesse produtor que mandou muito bem nesse Perdices 2006. Ganhou um espaço na minha adega. Com certeza não é um vinho de cunhado.

1 comentário
  1. Sergio P. de Queiroz Diz

    Olá ! Olha quanta surpresa ao Beber do NOSSO VINHO …. Este vinho ( Las Perdices 2006 ) foi o Grande Vencedor da EXPOVINIS 2009 !!! Provei , gostei muito e já estou criando duas lá em casa – Em breve abaterei uma . abraços e bons goles .

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.