Chateau Lafite Rothschild 2005

A proproedade existe desde 1234 mas Jacques de Seguir estabeleceu a vinicultura no Chateau Lafite no século XVII. Ao longo dos primeiros 60 anos a reputação do Lafite já era enorme em toda a Europa. Durante a revolução francesa chegou a ser propriedade pública. Em 1855 foi eleito um dos 4 Premier Cru por Napoleão III.  Em 1868 foi adquirido pelo Barão James Mayer Rothschild por 4,4 Milhões de Francos. Imagine quanto seria esse valor hoje…
Durante a 2a Guerra tornou-se uma base Nazista. Nos anos 60 e 70 teve problemas de qualidade e muitos acharam que jamais recuperaria seus padrões de qualidade. Como informa o livro 1001 Vinhos para beber antes de morrer: em 1976 Jean Crete colocou o Chateau Lafite na direção certa. Em 1983 passou por outra transformação através de Gilbert Rokvam.
A Adega do Chateau Lafite Rothschild é uma abóboda construída sob o Castelo. Um lugar solene onde garrafas centenárias repousam em temperatura constante. O Chateau Lafitte  1787 é o vinho mais caro do mundo, seu preço alcançou US$ 156,450.
Acabei de encontrar no site da Millesima na Europa uma oferta de 3 meias garrafas do Chateau Lafite 2005 por 7 mil Euros, sem contar o IVA. Apenas como curiosidade o preço de lançamento da garrafa de 750 ml foi de 830 Dólares. Ou seja o produto é na verdade um belíssimo investimento.
Normalmente feito com 80% a 95% Cabernet Sauvignon e de 20 a 5% de Merlot.

lafite
Lafite

06120404_01_g
Lafite

Get real time updates directly on you device, subscribe now.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More