Château Malescot St. Exupéry

Um post da série Classificação de Bordeaux 1855

A história do Château Malescot St. Exupéry começa no século XVII. Existem registros de 1608 da produção de vinhos nesta propriedade. Em 1697 o vinhedo e o Chateau foi vendido por Louisse Ecoisses para Simin Malescot, conselheiro do Rei Luis XIV no Parlamento de

Château Malescot St. Exupéry
Château Malescot St. Exupéry

Bordeaux. Malescot deu seu nome ao Chateau e ao longo dos anos sua família construiu uma grande mansão, bem como outros edifícios na propriedade. Na época da Revolução Francesa, a propriedade que era imensa sofreu divisões entre três facções da família Malescot. Nos próximos anos o Chateau foi vendido diversas vezes, até que finalmente foi adquirido pelo Conde Jean-Baptiste St-Exupéry em 1827. Nesta época assumiu o nome Chateau Malescot St. Exupéry e incorporou os Chateau Loyac e Chateau La Colonie. Em 1830 Jean-Baptiste morreu e deixou muitas dívidas. O Chateau foi vendido em 1853. Em 1855 foi classificado como Troisièmes Cru e o novo proprietário era um banqueiro de Bordeux. Ao longo dos próximos anos o Chateau foi vendido várias vezes até que foi adquirido pela família Zuger em 1955, que realizaram muitos investimentos na produção de vinho e detém a propriedade até hoje.  A pesquisa sobre a história do Chateau foi feita no site Wine Doctor.

No século XXI o Château Malescot St. Exupéry tem conseguido resultados fantásticos, veja a pontuação da Wine Spectator:

  • 2006: 92

  • 2005: 97

  • 2004: 90

  • 2003: 92

  • 2002: 90

  • 2001: 88

  • 2000: 93

Château Malescot St. Exupéry
Château Malescot St. Exupéry
2 Comentários
  1. Rafael Diz

    Queria saber particularidades de colheita e o processo de vinificação deste vinho.Obrigado

    1. Paulo Diz

      Desculpe Rafael, não tenho essas informações. Se encontrar vou colocar aqui.
      Abraço

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.