Com que propósito você compra vinho?

Muitas pessoas compram vinho para o consumo, outras tem o hábito de colecionar as melhores safras. Outros ainda compram vinho como um investimento. Veja essa:

O Jornal Telegraph em sua página na Internet traz uma reportagem sobre o aumentos dos preços do Chateau Lafite e Chateau Latour. Segundo a reportagem, os preços do Chateau Lafute 2008, vendido antecipadamente a £ 1.590 a caixa, já alcança £ 3.000.
Após uma queda no segundo semestre do ano passado e no início deste ano os preços dos vinhos de primeira classe voltaram a crescer, sobretudo através da ação de investidores chineses.
Houve um verdadeiro rally e um lote de 10 caixas do Chateau Lafite 2003 chegou a ser vendido por £ 10,000 a caixa de 12 garras.
Como lembra a reportagem, ao contrario da maioria dos investimentos as pessoas não tem que pagar por ganhos de capital com a revenda de vinhos e caso você faça um mal investimento, pode abrir e beber. Reportagem de Harry Wallop, Consumer Affairs Editor.

Esta material abre uma questão interessante. Você costuma comprar seus vinhos para beber logo ou compra para armazenar por anos e anos? Você acha que devemos consumir imediatamente vinhos que tem potencial de guarda? Opinie.

Foto do topo de Antonin BORGEAUD, site da Domaines Barons de Rothschild Lafite.

Reblog this post [with Zemanta]
7 Comentários
  1. Denise Ribeiro Diz

    Bem, eu não compro para investir, pois se me atrevesse a fazer isso, com certeza teria prejuízo, pois não entendo muito, somente gosto, e ai eu gosto muito! No entanto, adoro receber amigos e esse é o melhor motivo para comprar vinhos e depois compartilhar com pessoas que voce ama. É um motivo simples, mas penso que o melhor de todos! Abraços

    1. Paulo Diz

      Que beleza de Motivo Denise
      Bjs

      Paulo

  2. Fabio Diz

    Costumo comprar vinhos para armazenar. Mas bebo quando dá vontade. Dificilmente saio para comprar um vinho para o mesmo dia.

  3. Eugênio Olivei Diz

    Acho que como pessoa física, dificilmente você terá lucro comprando vinhos que se valorizam. Mesmo que os vinhos se valorizem você encontrará dificuldade em revendê-los com a valorização, pois quem compra vinhos caros não compra de terceiros, já que não há certeza de procedência,armazenagem, nem garantia de nada. Uma pessoa física só conseguirá revender um vinho que comprou como investimento se abaixar bem o preço, pois lojas que compram vinhos raros e caros não conheço no Brasil. Mesmo elas vão querer abaixar o preço que você estiver pedindo, e pessoa física compra vinho caro em loja que oferece garantia e procedência. Esse papo de comprar vinho na loja, guardar e quando valorizar revendê-lo, é conversa de loja para vender vinho caro, nem ela te recompra o vinho. A única maneira que vejo de ganhar dinheiro com a valorização de vinho é comprando o vinho antes de engarrafar e revendê-lo depois de engarrafado, mas aí não é pessoa física e sim negociante. Sendo assim armazeno meus vinhos até achar que estão no melhor momento de tomá-los, e assim que chegar o momento tomo-os, pois continuo achando que o melhor lugar para guardar vinhos é na memória.

  4. Estacio Sa Diz

    Paulo:

    O tipo de vinho que geralmente compro não se presta para armazenamento, mas sempre guardo alguns selecionados para ocasiões especiais.

    Abraços

    Estácio

  5. valeria Diz

    gostaria de ter informaçoes de endereços de vendedores de vinho no nordeste, pois vou iniciar ,importação de vinhos e vou precisar de vendedores por todo nordeste.
    fazer contato pelo e-mail; valerianp9@hotmail.com ou valeriasayed14@yahoo.com.br
    Atenciosamente,

    Valéria Medeiros

    1. Paulo Queiroz Diz

      Desculpe Valeria mas esse blog não presta este tipo de serviço.
      Obrigado

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.