Barolo Cavallotto Riserva Bricco Boschis 2001

O Barolo de hoje foi uma recomendação enviada pelo José Aurélio, um vinho provado por ele em Nova Iorque. O José Aurélio é um grande colaborador deste blog, mas desta vez enviou apenas a foto do vinho, Como eu não conheço este rótulo, fiz uma pesquisa e não descobri muito.

Segundo o Livro Barolo to Valpolicella de Nicolas Belfrage, a vinícola Cavallotto planta uvas desde 1924 e produz seus próprios vinhos desde 1949. Eles possuem 23 hectares de parreiras no Cru Bricco Boschis, na cidade piemontesa de Castiglioni Falleto.

O vinho recomendado pelo José Aurélio é da Vigna San Giuseppe. Este vinho fica em enormes barricas de carvalho da Eslovénia por um longo período de 4 a 5 anos e depois descansam mais 1 ano na garrafa antes de ser comercializado. É uma obra de paciência. Segundo o fabricante o vinho tem um aroma floral, sabores de framboesa e especiarias. Deu agua na boca esta pesquisa.

Uma curiosidade é a falta de criatividade da Cavalleti nos seus rótulos que são muitíssimos parecidos, você precisa ler com detalhe para diferenciar um vinho do outro entre os 9 tipos de tintos que eles produzem.

Barolo

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.