Hunter’s Pinot Noir 2006

O Sommelier  do restaurante Gaina na Riviera de São Lourenço, disse uma vez que o Pinot Noir que vale a pena só pode ser da Borgonha. Mas pela opção de preço ofereceu este Pinot Noir Neozelandês e eu gostei muito. Leve, muito sedoso e fácil de beber em uma noite de verão. O Robert Parker confere a ele 89 pontos.

Este foi um dos primeiros posts do NOSSO VINHO em desembro de 2008. Agora atualizado.

Ontem quando estava comprando alguns vinhos da Borgonha para a 3a maratona NOSSO VINHO, lembrei do Hunter’s e comparei novamente. Ele nada deve a um bom Pinot Noir Francês.  Um leve toque de madeira, frutado mas suave, taninos muito macios. Bom preço, enfim uma delílica. A foto abaixo é da garrafa abatida na noite de ontem.

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.