Convento da Tomina Tinto 2004

Este vinho Português é recomendação da Luciene Neno. Ela encontrou o vinho em recente viagem que fez com o marido para a Europa. O produto é trazido ao Brasil pela Adega Alentejana que o classifica da seguinte forma:

“O aroma é Jovem, lembrando frutas vermelhas, passas e compotas. Fácil de beber, taninos muito redondos e harmoniosos, complexidade média e boa longevidade final de boca. Usa as castas Trincadeira, Aragonez, Alfrocheiro e Alicante Bouschet.

Estagiou 3 meses em barricas de carvalho francês. O nome deste vinho nos transporta na história. O Convento da Tomina, da Congregação de Nossa Senhora das Necessidades, foi erguido no final do século XVII em terras de contenda, ou seja, que eram disputadas por Portugal e Espanha. Apesar de ser uma região bastante seca, próximo ao Convento havia uma “mina” de água e daí surgiu o nome “tomina”. Este Convento teve grande influência sobre as aldeias localizadas na margem esquerda do Rio Guadiana. Prova disso é que até hoje, apesar do Convento estar em ruínas há muitos anos, várias aldeias no final de Agosto fazem a festa da Tomina, em homenagem a Nossa Senhora das Necessidades.”

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.