Esporão Private Selection 2007

Neste sábado estivemos no restaurante Figueira Rubayat e embora a especialidade da casa sejam as carnes, fomos até lá para comer peixe, que aliás são pratos muito bons.

Eu escolhi um bacalhau em lascas e pensei em escalar um vinho tinto português do Douro. Lembrei-me que o ano 2007 ofereceu uma excelente safra para essa região de Portugal. Após uma rápida pesquisa na carta, chamei o Sommelier e pedi uma opinião. Eu já havia escolhido o Quinta do Crasto Vinhas Velhas 2007, mas quis saber se ele teria algo diferente e tão interessante quanto. O sommelier indicou então o Esporão Private Selection 2007. Foi uma ótima pedida. Um vinho super denso, com aroma de tabaco e menta. Na boca é diferenciado, com muitas nuances de especiarias, aproxima-se razoavelmente de um bordeaux boa procedência.

Seus taninos são macios e o final de tabaco e couro deixam uma ótima impressão. O vinho passou por 18 meses em carvalho francês e foi feto com uma mistura de Alicante Bouschet e Aragonês.

 

Esporão Private Selection 2007

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.