Xisto Roquete e Cazes 2004

Numa visita que fizemos ontem ao Empório Santa Maria, tomamos uma taça do Xisto. Uma surpresa tão boa que resolvi escrever um post sobre o vinho.
Primeiro ponto a favor do Xisto é que ele é o resultado de dois excepcionais produtores: Jorge Roquette da Quinta do Crasto e Jean-Michel Cazes do Château Lynch-Bages. Veja só como caracterizam a sua criação:

“Cor vermelho escuro com reflexos brilhantes, aroma muito elegante de frutos vermelhos. Taninos presentes mas suaves e elegantes que acompanham um vinho com muito poder. Grande harmonia, elegância e um grande potencial”, assim descreve Daniel Llose o “seu” Xisto.

A Wine Spectator deu 92 pontos para o vinho. Eu daria uns 95. Ele é perfumado como um Bordeaux Premier Cru e encorpado como um bom DOURO. Feito com 60% Touriga Nacional – 15% Touriga Franca – 25% Tinta Roriz

Claro que depois de tomar uma taça, resolvemos pedir uma garrafa.
Foi um encontro maravilhoso e um bom papo de duas horas entre eu a Mônica a Thais e o Gabriel. Espero poder repetir. Pena que o vinho tem um preço um pouco alto, cerca de R$370.

Xisto 2004
Xisto 2004

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More