Muros Antigos Alvarinho 2012 – Vinho Verde Monção e Melgaço

0 No tags Permalink 0

Vinho Verde de Portugal

Num desses dias de muito calor, eu Alcir e Manuk fomos almoçar para colocar o papo em dia e comer um belo peixe no antigo restaurante Rufino’s em São Paulo. Resolvemos tomar uma taça de vinho e eu pedi esse Vinho Verde feito pelo famoso winemaker português o Anselmo Mendes. O Vinho Verde vem da região de Monção no norte de Portugal e é feito com a uva Alvarinho. Super macio e leve, com sabor de pêssego e toque de limão. Bebemos felizes e com muita facilidade uma garrafa inteira. Um vinho de baixo custo na Europa, mas aqui em torno de 120 Reais.

 

Vinho Verde é uma denominação de origem do noroeste de Portugal. O nome refere-se a idade do vinho que deve ser bebido bem jovem. Com baixo teor alcoólico, e portanto menos calórico, o Vinho Verde é um vinho frutado, fácil de beber, ótimo como aperitivo ou em harmonização com refeições leves e equilibradas: saladas, peixes, mariscos, carnes brancas, tapas, sushi e sashimi.
A flagrante tipicidade e originalidade destes vinhos é o resultado, por um lado, das características do solo, clima e factores sócio-económicos da Região dos Vinhos Verdes, e, por outro, das peculiaridades das castas autóctones da região e das formas de cultivo da vinha. Destes fatores resulta um vinho naturalmente leve e fresco, diferente dos restantes vinhos do mundo. É importante saber que existe vinho verde branco, (mais comum aqui no Brasil) , tinto e espumante.

 

IMG_9183

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *