Château Branaire-Ducru 1999 em Paris. Faltou apenas o Forrest Gump

0 No tags Permalink 0

Esta é uma historia incrível. No feriado de 12 de outubro fomos convidados para passar o fim de semana em Paris no apartamento do meu amigo Benvindo (Claro que o nome dele não é este). O Benvindo e sua família nos receberam maravilhosamente bem e nos convidaram para um jantar no restaurante Chez Ami Louis em Paris. Quando chegamos ao bistrô, ficamos surpresos com a quantidade de paparazzis na porta. No restaurante estavam Catherine Zeta-Jones, Bruce Willis e John Malkovich jantando. Parece que eles estavam em Paris para a gravação do filme Red 2. Por mais uma dessas coincidências do destino nossa mesa era ao lado da deles e foi impossível evitar a troca de acenos e olhares. Neste jantar de estrelas tivemos nosso momento de Forrest Gamp, pois também estava no mesmo restaurante a tenista Serena Williams. Todos ficamos impressionados como o Bruce Willis está jovem e como é charmoso o falar de John Malkovich. Claro que as nossas mulheres acharam a Catherine Zeta-Jones envelhecida e a Serena Williams uma mulher muito grande.

Bem, fofocas a parte o vinho da noite foi escolhido por mim, um Grand Cru Classé de 1855. O Château Branaire-Ducru 1999. Eu já havia escrito um artigo sobre o Chateau Branaire-Ducru e aqui está um resumo:

O Chateau Branaire-Ducru tem origem no século XVII quando ele fazia parte do Chateau Beychevelle. A parte de terra que hoje é Branaire-Ducru foi vendida em 1642 para liquidar dívidas do então proprietário do Beychevelle. Mais tarde, em 1680, a propriedade foi adquirida por Jean-Baptiste Braneyre e sua família cuidou com esmero da propriedade por mais de um século. A história do Chateau está associada a Revolução Francesa, com prisões de seus proprietários. Nomeado Quatrièmes Cru em 1855, hoje possui bom desempenho em qualidade, atingindo alta pontuação dos críticos. Um blend de Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc e Petit Verdot.

Para deixar todos com agua na boca, o vinho tinha um aroma de carvalho defumado, tabaco e menta. Muito equilibrado, de medio corpo, com taninos bem secos e refrescantes. Acabamento bem seco de madeira queimada.

 

Château Branaire-Ducru 1999 em Paris. Faltou apenas o Forrest Gump

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *