Château Giscours, Labarde-Margaux 2005

Segundo o Wine Doctor, a primeira menção do Chateau Giscours aconteceu em 1330, na época um castelo fortificado, ou coisa do género. Passou pelas mãos de muitas famílias até que em 1855 foi classificado como um Troisième Cru, já nas mãos do Conde de Pescatore, que em 1847 havia construído o castelo que permanece até hoje. Como ocorreu com muitos Chateaus de Bordeaux, Giscours veio a ruína após o advento da Revolução Francesa. Foi recuperado somente após a segunda guerra mundial, quando foi adquirido por Nicolas Tari. Em 1998, o Chateau Giscours esteve envolvido em um escândalo sobre a produção de vinho fora das especificações da denominação Bordeaux. Hoje 25% das vinhas de Giscours são antigas, com mais de 40 anos. Pouco mais da metade Cabernet Sauvignon e o restante Merlot.

A safra de 2005 tem sabores de amora, cereja e toques de tabaco. Encorpado, com taninos aveludados e um final longo. 93 pontos na WS.

Chateau Giscours

Chateau Giscours

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *