Chateau Talbot

0 No tags Permalink 0

Um Grand Cru Classé de 1855

A história do Chateau se origina do guerreiro inglês Talbot, governador de Guyenne, derrotado na batalha de Castillon em 1453.

Quando Napoleão III ordenou a classificação de 1855, Talbot alcançou o Quatrièmes Cru. Por várias décadas pertenceu ao Marquês de Aux e em 1917 foi adquirido por Désiré Cordier. Sob o comando da família Cordier o Chateau se desenvolveu no século XX. Hoje é administrado por Lorena Cordier e Nancy Bignon-Cordie.

Os 107 hectares do Chateau Talbot em St.-Julien, fazem divisa com a região de Pauillac. Terreno de calcário com fósseis marítimos, produz vinhos excelentes sob a orientação do enólogo Jacques Boissenot.

A Safra de 2005 entregou um vinho com muito sabor de cereja e toques de couro e fumo. Os taninos estão um tanto “raivosos” dando-lhe alta acidez. Bem integrado com o carvalho, mas precisa de 10 anos para ficar perfeito. Um blenda Cabernet Sauvignon, Merlot, Cabernet Franc. 92 pontos na WS e 90 pontos RP.

Talbot

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *