Lês Forts de Latour 2001

Nessa mini-maratona trago outro vinho que nunca provei. Por precaução e economia comprei apenas uma garrafinha de 375 ml. Segue a análise da revista Adega. Em breve experimetarei o vinho e com isso farei os comentários. Mas pelo que já lí sobre o vinho a revista Adega exagerou…

O Les Forts de Latour é o segundo vinho do Château Latour, de Pauillac. O Latour é tido como o mais consistente dos 1er Cru Classés de Bordeaux e o Les Forts de Latour leva a fama de melhor entre os segundos vinhos dos grandes Châuteaux. Rubi muito escuro com reflexos violáceos. Boa intensidade no olfato, com complexidade. As frutas do bosque se mostram primeiro (como cassis), seguidas de tabaco, amêndoas torradas, cacau e anis-estrelado. No palato tem muito bom corpo, com taninos bem presentes, equilibrado e elegante, com 13% de álcool e boa persistência. Grande vinho no melhor estilo Pauillac, onde o Cabernet Sauvignon domina. Para guardar de 5 a 10 anos.

Vou apenas acrecentar a curiosidade de que a torre estampada no rótulo deste vinho e do famoso Chateau Latour foi construída no século XIV e era uma Fortaleza estabelecida na Guerra dos Cem anos, (1337 a 1453). A tal torre não existe mais e foi substituida por outra arredondada, que na verdade era um pombal. Referência do livro 1001 Vinhos para beber antes de morrer de Neil Beckett.

Segundo o produtor o vinho é preparado com as vinhas jovens do Chateau Latour, com menos de 12 anos. Uvas que não podem ser classificadas para serem usadas no Big Brother Chateau Latour vão para esse Les Forts de Latour. 70% Cabernet Sauvignon e 30% Merot. Envelhecido por 18 meses em barris de carvalho, sendo 50% novos e 50% barris usados.

E este é o último post da 3a Maratona NOSSO VINHO.

Produto da Seleção NOSSO VINHO

Produto da Seleção NOSSO VINHO

0
1 Comment
  • Paulo
    Maio 30, 2009

    Bem, hoje eu não resisti e abri a garrafa. Um vinho muito especial, realmente tem forte presença de tabaco e cacau. Um vinho com aromas de tempero também.
    Adorei, mas aqui no Brasil não dá mesmo para tomar este vinho a qualquer hora, o preço é fora do tom.

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *