Vinhos super caros e falsos

0 , , Permalink 0

A AFP lançou hoje uma matéria sobre a falsificação de vinhos super caros de Bordeaux. A falsificação dos vinhos Grand Cru da classificação de 1855 não é muito comum, mas acontece, como relata Sylvain Boivert, diretor da associação que representa os vinhos de Bordeaux classificados em 1855, o Conseil des Grands Crus Classes en 1855.

A matéria dá conta de falsificações grotescas, com erros nos rótulos por exemplo.

Para despistar dos Bordeaux, o director da entidade diz que os Borgonhas também são alvo de falsificação, como o Romanée-Conti, que teve leiloada uma garrafa Jerobam de 1945, mas o fato é que não foram produzidas Jerobans desse vinho em 1945.

A matéria ainda explica que os leiloeiros não são muito rigorosos nos lotes adquiridos e que os Chateaus não denunciam as falsificações com medo de ter sua credibilidade ameaçada.

Bem amigos, então vocês já sabem, na hora de comprar uma magnum do Chateau Mouton Rothschild 1945, confira com o produtor detalhes do produto, senão você pode desperdiçar alguns milhares de Euros.

Já imaginou?

Confira a matéria na íntegra aqui.

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *