Felsina Fontalloro 1997

0 No tags Permalink 0

Na semana passada, fizemos uma reunião de amigos: Zé Aurélio, Manuk, Mahfuz e eu, só faltou o Alcir que estava viajando. O jantar aconteceu no simpático restaurante Vito na Vila Madalena. O lugar tem várias qualidades e a principal é a sommeliere Helena Mattar, editora do blog Bebericando.

O objetivo do jantar foi discutir o roteiro de nossa viagem à Toscana que acontecerá entre 1 e 10 de setembro desse ano. Nessa viagem os 5 amigos irão desvendar as melhores vinícolas da região. Separamos algumas imperdíveis, como Castello di Ama, Ca’Marcanda, Ornellaia, Guado Al Tasso, entre outras.

Para animar a turma o Zé Aurélio, sempre generoso, nos trouxe uma garrafa do Fontalloro 1997. Haviam outros 2 vinhos, mas trataremos em outro post.

O Fontalloro já era meu conhecido, pois eu e Manuk havíamos experimentado a safra 2000 em Miami em dezembro do ano passado. Esta safra 1997 apresentou uma performance espetacular e arrisco dizer que é a melhor do produtor. Mesmo com 14 anos na garrafa apresentava uma potência de aromas e sabores. Precisou ser decantado por cerca de 30 minutos antes do consumo. É incrível que um vinho feito apenas a partir da Sangiovese possa ser tão complexo. Mas também, pudera, suas vinhas tem mais de 50 anos e ele descansa por longos 20 meses em barricas de carvalho.

Segundo os críticos a safra 2007 é ainda melhor, mas eu duvido. O vinho tinha um notável aroma de couro e fumo, sabores em camadas de café expresso, couro, framboesa e especiarias, taninos muito finos e um final super longo. Na nossa avaliação técnica ele levou a nota: “PQP que vinho gostoso”.

Arrematou a noite como a melhor escolha e emoldurou nossas conversas sobre o que há de melhor para se visitar na Toscana.

IMG_3672

 

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *