1a Entrevista Nosso Vinho

0 Permalink 0

Está é a primeira de muitas entrevistas que vou introduzir aqui no Nosso Vinho. O conceito será entrevistar pessoas envolvidas no universo do vinho e com isso enriquecer nossa experiência.

Eles são dois gêmeos portugueses, ainda adolescentes que descobriram o mundo do vinho através da melhor porta: do estudo da Viticultura e Enologia. Conheça como Raul e Joel Carvalho, conquistaram seu espaço na blogosfera a partir de Carregal do Sal uma pequena Aldeia da região do Dão em Portugal e como estão planejando sua carreira profissional na enologia.

Exibir mapa ampliado

Gostaria que vocês falassem um pouco do lugar onde vivem, da cidade e das opções de emprego neste lugar.

Ora bem, vivemos numa pequena aldeia pacata (Cabanas de Viriato), no interior de Portugal, local onde quase ninguém se interessa por Viticultura e Enologia. Esta aldeia está inserida numa região muito importante de vinhos em Portugal, a Região Demarcada do Dão. Esta é uma das grandes vantagens para quem quer seguir este curso de Viticultura e Enologia e quem quer fazer a sua vida dentro da área do vinho. Existem imensas Quintas e empresas produtoras de vinho, que podem ser bons potenciais de emprego e locais onde podemos captar muita experiência nesta área.

O que levou dois jovens a se interessarem pelo vinho e pelo estudo dele?

Este interesse foi quase que de repente. Morávamos em Lisboa e nunca tínhamos visto uma videira. Por razões pessoais, mudamos de residência e fomos para Cabanas de Viriato. Quando entrámos para o 10º ano, mostraram-nos este curso de Viticultura e Enologia na Escola Secundária/3 Carregal do Sal. Aceitámos e entrámos, mas não foi por interesse, entrámos no gozo. Só que fomos apanhando o gosto nesta área, até que chegamos até hoje e queremos fazer vida disto. Quanto mais sabemos, mais queremos saber. E assim fomos evoluindo…

Como surgiu a idéia do Blog, quais foram as primeiras dificuldades e em que o Blog alterou sua relação com o mundo do vinho e com as pessoas?

A idéia do blog também surgiu de repente. Tínhamos ouvido falar de blogs de humor e poesia, e achamos por bem fazer um blog nosso. Blog sobre vinho. E fizemos! O tema do nosso blog não foi escolhido ao acaso. Quando provamos temos de olhar, colocar no nariz e depois na boca. Por isso, ficou “do Nariz à Boca”… Foi muito complicado as pessoas terem respeito e acreditarem no nosso potencial, pois ainda somos jovens… Tivemos de ter paciência e persistir, e nunca desistir. Hoje podemos dizer que a situação mudou muito e as pessoas já nos encaram como “alguém”, já levam em conta as nossas notas de prova… A relação com o mundo do vinho mudou muito. Tivemos de aprender a escrever melhor, falar melhor, ter mais calma com as coisas que fazemos, e algumas pessoas ajudaram-nos e agora estamos muito mais adultos e maduros.

Quais foram na sua opinião as melhores estratégias para sair do zero a 5 mil Unique visitor em tão pouco tempo?

Em primeiro lugar, foi a publicidade “boca a boca”. Fomos falando com amigos, vizinhos, entre outras pessoas. Depois entrámos em vários fóruns de vinho, locais onde frequentava muita gente e era mais fácil a propagação do nosso blog. Nesse fóruns aprendemos muito sobre vinho!! De seguida, tentámos entrar em muitos tutoriais de blogs, assim seria mais fácil subir as visitas únicas. Neste momento, estamos a apostar na propagação do nosso blog por outros blogs. E desde já, peço a todos os responsáveis de blogs, se poderiam colocar o link do nosso blog nos vossos sites por favor. http://do-nariz-a-boca.blogspot.com/E assim fomos aumentando as visitas dia-a-dia…

Todo blog tem uma fase de grande entusiasmo e crescimento, depois que alcançam um dado patamar, a audiência estabiliza. Quais são seus planos para o futuro?

Em primeiro plano, tentar fixar as visitas que temos agora com matérias interessantes, vinhos de qualidade, etc… Depois iremos tentar propagar o nosso blog por empresas de vinho e continuar a espalhar o nosso blog por mais países e outros blogs…
A barreira da lingua limita os bloggers de lingua portuguesa, mas por outro lado amplia o horizonte cá para o Brasil. O que pensa da produção de blogs brasileiros sobre vinho?
Achamos uma idéia muito interessante. Assim, com mais blogs brasileiros, temos um maior leque de informações sobre o Brasil, sobre tipos de técnicas utilizadas no Brasil, assim como notas de prova de vários vinhos da sua terra. Esperemos que continuem e cresçam ainda mais…

Indique o melhor representante do atual vinho português.

dscf2776jpg

Carregal do Sal

Como é normal, nós optamos por dizer que os vinhos da região onde vivemos são dos melhores em Portugal. A Região do Dão consegue produzir vinhos com muita qualidade, e vinhos que persistem por vários anos na garrafa sem alterarem a sua qualidade, o que é uma grande vantagem. Agora dizer que Portugal é representado pela região do Dão, não dizemos, pois existem vinhos de outras regiões excepcionais.

0

Não há comentários

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *