Friuli, Itália

A região de Friul-Venezia Giulia, conhecida como Friul ou Friuli, é formada por contratastes de diferentes culturas, uma região que já era habitada há mais de 40 mil anos, na idade da pedra. A vinicultura na região tem 3 mil anos de história.

 

shutterstock_252410602

 

Esta região realmente proporcionou a revolução na produção dos vinhos brancos na década de 1980. Já na década de 1990 começaram a surgir vinhos tintos de qualidade. Os vinhos mais finos vem das 3 DOCs a leste. O sul e o oeste produzem mais vinhos comerciais. Os vinhos de prestigio vem da Colli Oriental del Friulli e do norte da Friuli Isonzo. Collio e Collio Oriental produzem vinhos brancos encorpados, aromáticos, com mais alcool e baixa acidez.

As principais cepas de Friulli são

Malvasia que na região de Colli produz brancos bem condimentados e na região de Aquilena brancos mais simples e ácidos.

 

Picolit: uma cepa branca que produz brancos mais doces, raros e caros.

Refosco: Com muita fruta e taninos suaves, e seus melhores exemplares estão em Colli Orientalli.

Ribolla Gialla: uva branca cítrica cultivada em Collio desde o século XII.

Schioppettino: Uva tinta escura e suculenta.

Tocai Friulano: A cepa mais cultivada na região, muito trabalhada pelos produtores nos últimos 10 anos, faz vinhos brancos amadurecidos com final amendoado.

Verduzzo: Uma cepa branca com sabor de maça que faz um bom vinho de sobremesa.

Pelo que pude pesquisar esta região é muito rica e complexa e vale a pena você ler os livros de André Dominé: OS VINHOS e talvez o Guia Listrado Zahar, fontes deste post. Foram também utilizadas informações e mapas do site  R. McNees Family e Made in Italy

 

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More