Visita ao Podere Tignanello

.
Durante nossa viagem a Toscana estamos tendo o privilégio de ser recebidos de forma muito especial nas vinícolas. Explico, o José Aurélio tem alguns amigos influentes no mundo do vinho aqui da Itália. Até agora a visita mais exclusiva foi no Podere Tignanello, que fica entre as localidades de Greve in Chianti, Passignano e Sambuca.

A propriedade é fantástica, cuidada com muito esmero. Ali estão os vinhedos do Solaia, Tignanello e Vila Antinori. Fomos recebidos pela Verônica, gerente de Marketing da Antinori que nos mostrou a forma de produção do Tignanello, um vinho que impressiona muito pois consegue manter um altíssimo padrão de qualidade com produção em torno de 300 mil garrafas. Ela nos explicou que a safra de 2011 está sendo um tanto difícil para aquela região. Pudemos conhecer as instalações que produzem dois dos melhores vinhos da Toscana e entramos na adega onde repousam as safras do Solaia. uma parte curiosa que aprendemos foi a colocação de seixos brancos aos pés dos vinhedos, que proporcionam a refração dos raios solares e ajudam na maturação das uvas. A propriedade é grande, com 350 hectares dos quais 150 plantadas.

O Solaia é produzido com 75% Cabernet Sauvignon, 5% de Petit Verdot e 20% de Sangiovese. Já o Tignanello é feito com 80% Sabgiovese, 15% Cabernet Sauvignon e 5% Cabernet Franc.

O ponto alto da conversa aconteceu na casa de veraneio do Marques Piero Antinori. A casa atualmente é usada para receber a imprensa e grandes clientes da Antinori. Sentados na sala da lareira, experimentamos a safra do Solaia 2007, uma das melhores safras do vinho. Aqui na Toscana está sendo vendido por 230 Euros. A conversa ficou muito mais agradável em italiano, o José Aurélio fala fluentemente e nós já estamos entendendo o idioma o suficiente.

Já escrevi sobre isso aqui no Blog, mas vale repetir que a família Antinori tem tradição de 600 anos na produção de vinhos na Toscana e possui atualmente propriedades por toda a região, bem como em vários outros países do mundo..

As fotos boas são do Manuk, as ruins são minhas

.

Jardins do Pedere Tignanello

.

Sangiovese 2011

.

O local é lindo e bem cuidado

.

O Solaia 2007 que provamos na sala da Lareira da família Antinori

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.

This website uses cookies to improve your experience. We'll assume you're ok with this, but you can opt-out if you wish. Accept Read More