Chateau Durfort-Vivens

Esse Chateau entrou na classificação de 1855 como Deuxièmes Crus, em 1937 foi comprado pelo Chateau Margox e o rótulo Durfort-Vivens quase sumiu. Em 1962 Lucien Lurton comprou a propriedade e iniciou um processo de recuperação. Curioso, que o Chateau…

Chateau Rauzan-Ségla 2000 e 2005

Do Reinado de Louis XIV à Modernidade: A Saga do Chateau Rauzan-Ségla Sob o reinado de Louis XIV, a história do Chateau Rauzan-Ségla começou a ser tecida. Adquirido em 1661 por Pierre de Rauzan, este chateau passou por gerações, solidificando…

Chateau Palmer Alter Ego 2000

Vamos dar outra parada na Maratona Nosso Vinho por um excelente motivo. O vinho de domingo do Manuk é também um francês, só que de Bordeaux… Você já conheceu aqui no NOSSO VINHO o Chateau Palmer, agora vai conhecer o…

Château Palmer Margoux 2000

Este é mais um vinho indicado pelo amigo Miguel. Ele mantém o rítimo de vinhos aristocráticos por um preço razoável. Notas do produtor: Ser um Grand Cru é uma questão de origem. O Château Palmer tem um estio baseado na…

Chateau Pouget Margaux 2005

Agora um pulo na França, mais precisamente em Margaux Este Quatrième Cru da classificação de 1855 tem registros históricos desde o século XVIII quando veio as mão da família Pouget através de herança. Não há de fato um castelo. de fato…

O Bordeaux de Margaux: Chateau Palmer Alter Ego 2008 ,

Um dos vinhos mais legais que já experimentei é o Chateau Palmer, um vinho estupendo, Grand Cru Classé da Classificação de 1855. Entretanto, um lado interessante é que o Chateau Palmer tem um irmão gêmeo, o Chateau Alter Ego. Segundo o…